Gabriela Martucci Salles: “Eu sinto uma imensa saudade da escola”

Gabi Martucci SallesGabriela Martucci Salles ingressou na Coopec em 1996, quando estava no Pré I, e permaneceu até o Ensino Médio, em 2007. A egressa conta que estudar na Coopec foi uma época fantástica. “Hoje, olho as fotos da escola, dos colegas e sinto uma imensa saudade. Os amigos, funcionários e professores eram a nossa segunda família”.

Artes, Educação física, História, Geografia e Matemática eram suas matérias preferidas, além das aulas extracurriculares e dos eventos. “Sempre gostei de organizar e participar de todos os projetos da Coopec, como as mostras de conhecimento, os teatros e as festas juninas. Também fui representante dos alunos no Conselho de Pais e Mestres da escola e até organizei as atividades da gincana e do interclasse”.

Dentre os diferenciais que a escola oferece, Gabriela conta que o colégio sempre gostou do engajamento da Coopec com a comunidade. “A escola mantinha vivências das quais podíamos integrar nossa família. Nessa época nós vivíamos na escola e vivíamos a escola”.

Para matar a saudade dos amigos e professores do colégio, a ex-aluna sempre visita a Coopec. “Sempre que vou até o colégio sou muito bem recebida. Também revi a minha turma no ano passado durante uma reunião, e foi muito bom! Mantemos contato por meio das redes sociais”.

Após morar em Portugal e nos Estados Unidos, atualmente Gabriela cursa Engenharia de Produção e é professora em uma escola de idiomas, em Rio Preto, na qual é parceira da Coopec. “Como já dizia Cora Coralina ‘Felizes aqueles que ensinam o que aprendem e aprendem o que ensinam’. Essa frase remete à possibilidade que tenho hoje, que é a de dar aulas na Coopec”.

Ana Carolina Lourenço: “A escola foi uma das melhores partes da minha vida”

Ana Carolina Roma Lourenço

Ana Carolina Lourenço foi do Ensino Fundamental I ao Ensino Médio na Coopec. “A escola foi uma das melhores partes da minha vida. Foi onde tive as primeiras amizades e até mesmo as primeiras paixões”.

Mas, falando de matéria escolar, as preferidas da Ana eram biologia e matemática. “Não me esqueço de alguns professores, como o Plinio, o Waldemar e o Renan”, destaca a egressa, que cita o clima de amizade e companheirismo que havia na Coopec: “Como sempre fui uma das únicas crianças da minha família, foi na escola que aprendi a compartilhar minhas coisas e a me relacionar com as pessoas da minha idade. Tudo que aprendi na Coopec tem sido útil até hoje na minha vida pessoal e profissional”.

E mesmo com o tempo, a ex-aluna conta que algumas das amizades da época de escola permanecem até hoje. “Sempre encontro um casal de amigos que começaram a namorar no colegial e estão juntos até hoje. Também converso com muitos amigos e professores pelas mídias sociais”.

Atualmente Ana Carolina é formada em enfermagem pela Famerp e trabalha na Unidade Básica de Saúde da Prefeitura Municipal de São José do Rio Preto.